Skip to content

Blog

ondas

Descubra como ajustar o tom de pele na fotografia

26 de agosto de 2022

As redes sociais são, hoje, altamente valorizadas e chegam a muda a forma como as pessoas veem umas às outras. E grande parte da experiência que se tem nessas redes vem das imagens. Capturar imagens de qualidade, portanto, se tornou imprescindível. Pensando nisso, preparamos este post para ensinar a você como ajustar o tom de pele na fotografia.

Esse é um desafio muito comum na hora de tirar fotos de si ou de outras pessoas. Mas é fato que é muito mais fácil fazer isso nos dias de hoje, especialmente em função da transformação digital e dos dispositiovs e aplicativos disponíveis. Continue lendo para saber mais sobre o assunto!

Afinal, o que é o tom de pele?

O tom de pele é uma classificação relacionada à tonalidade da cútis, ou seja, à quantidade e distribuição de um pigmento chamado melanina. Esses fatores dependem de características genéticas da pessoa, somadas a influências ambientais — sobretudo à exposição ao sol. O resultado é formado por um conjunto de nuances claras, médias ou escuras. Todas elas têm sua beleza e podem ficar deslumbrantes nas fotografias.

Por que é importante ajustar o tom de pele na fotografia?

Ajustar o tom de pele na fotografia é importante por vários motivos. Pense, por exemplo, que você capturou uma imagem e decidiu fazer colagens de fotos em dias nublados. Tal condição climática aumenta as tonalidades azuladas e esbranquiçadas na composição. Isso pode ser compensado para um resultado mais fidedigno e harmonioso se você corrigir isso, trazendo tons mais amarelos e vermelhos para as pessoas.

Como ajustar o tom de pele na fotografia?

Agora que você já aprendeu mais sobre o conceito, vamos trazer algumas dicas práticas para que você possa ajustar o tom de pele na fotografia. Acompanhe!

Expor corretamente

Uma estratégia para ajustar o tom de pele na fotografia consiste em fazer a exposição corretamente, corrigindo e aprimorando a imagem na pós-produção. Para isso, você pode observar melhor qual a tonalidade da cútis da pessoa, para não fugir do tom e acabar perdendo eventuais detalhes importantes de textura.

Equilibrar o branco

O equilíbrio do branco, também chamado de white balance, também é muito importante. Muitas pessoas deixam essa parte no automático, mas isso é um erro, uma vez que é algo que oferece um bom controle sobre a temperatura da imagem. Alterne entre opções de luz de sombra, luz do dia e fluorescente, conforme suas preferências.

Ter atenção à luminância

Por fim, mesmo que você deseje fazer uma fotografia lifestyle, não se engane com a luz ambiente: preste atenção na luminância. Dias nublados confundem nosso olhar em relação ao tom de pele real de quem está sendo fotografado, mas isso pode ser compensado com tons mais quentes. Mexa também no contraste e na exposição, até chegar onde deseja.

Pronto! Seguindo nossas dicas, você já pode a ajustar o tom de pele na fotografia e deixar a imagem com o máximo de qualidade possível, sem perder a naturalidade!

Gostou do conteúdo? Queremos ler suas sugestões ou responder a suas dúvidas. Deixe um comentário aqui no post!

Tags TAGS:

E aí, gostou? Conta pra gente!





relacionadas

Lamento, não encontramos nenhum post. Tente uma pesquisa diferente.

Saiba onde comprar

Saiba onde comprar

Scroll To Top